18
maio

Onde vai o silicone?

Antes de decidir por uma cirurgia plástica com implante de silicone é necessário entender os riscos e benefícios para obter os melhores resultados.

Os implantes mamários são colocados abaixo do tecido do peito, ou seja, abaixo da glândula mamária e sobre o músculo peitoral (subglandular) ou de baixo da fáscia muscular (subfascial) ou do músculo peitoral (submuscular).

A colocação do implante depende principalmente da espessura do tecido subcutâneo. Cada caso costuma ter indicações específicas, a principal delas é a cobertura mamária prévia, ou seja, o quanto de mama e tecido de gordura na mama que a paciente já possui. No caso em que há pouco tecido mamário (mais comum em mulheres muito magras) o posicionamento subglandular faz o implante ficar muito aparente, com aspecto extremamente artificial, já que não existe cobertura adequada. As pacientes que já possuem algum tecido mamário, ao contrário, não sofrem tanto com uma aparência superficial da mama posiciona-se o implante subglandular.

Pode-se afirmar que não existe o melhor plano e sim o plano cirúrgico mais adequado para cada mulher, entendido pelo médico.